Fãs descobrem mais de uma versão de Através do Aranhaverso nos cinemas

Parece que o filme “Homem-Aranha: Através do Aranhaverso” imita sua própria trama, com diferentes versões vivendo no multiverso de salas de cinema. Isso porque o editor da animação, Andrew Leviton, foi ao Twitter para confirmar a existência de pelo menos duas versões diferentes do longa sendo exibidas.

Tudo começou quando Leviton compartilhou um post do usuário @balisonqs com dois trechos do filme que mostram Miguel O’Hara, o Homem-Aranha 2099, interagindo com sua companheira holográfica Lyla, mas com finais: em deles Lyla aponta para Miguel e no outro termina ela tira uma selfie.

“Há duas versões de Através do Aranhaverso”, escreve @balisonqs. Ao compartilhar o post, Levinton acrescentou: “Eu estava me perguntando quando as pessoas poderiam começar a notar…”

O fã observou a diferença quando notou que assistiu à cena com a selfie durante a semana de abertura, mas trecho não existia quando reassistiram na semana seguinte, na mesma época em que a Sony Pictures trocou o impressões para corrigir problemas de som, afirma o site IGN.

No mesmo fio de tuites um outro usuário notou mais uma diferença. @tapurambles afirma que o vilão The Spot tem falas mudadas em duas versões.

“O spot também tem um diálogo ligeiramente diferente naquele flashback de holograma antes de usar seu próprio colisor, na versão que eu assisti ele diz ‘o que … não seria bom’, mas na versão mais difundida online ele diz ‘oh que diabos””, escreve.

Apesar de alimentar a teoria dos fãs, Leviton não detalhou quantas versões, as estensões das mudanças e o motivo para terem feito isso.