conheça a profissão que deve bombar em 2024

O Guia Salarial da recrutadora Robert Half coloca o engenheiro de dados entre os profissionais mais buscados pelas empresas em 2024. O levantamento, que também mostra as tendências de remuneração para o próximo ano no Brasil, estima remuneração de até R$ 24,1 mil para o cargo.

O engenheiro de dados atua na organização do sistema digital de gerenciamento de dados de uma empresa, podendo trabalhar em vários segmentos, e não apenas em companhias de tecnologia. Suas atividades auxiliam a empresa na tomada de decisões importantes, como decidir quais clientes de um banco devem receber mais crédito no cartão.

Segundo a pesquisa, bancos, seguradoras, indústrias, de agronegócio, saúde e educação vão liderar as contratações de profissionais de tecnologia em 2024. Portanto, conheça a profissão que deve bombar em 2024.

Engenheiro, arquiteto e cientista de dados

As funções desses três profissionais podem causar certa confusão, sobretudo por serem complementares, mas elas também são bem estabelecidas. Contudo, por se tratar de carreiras relativamente novas no mercado, as atividades acabam convergindo e um profissional realiza mais de uma.

Enquanto o arquiteto de dados monta a estrutura para gerenciar os dados da empresa, o engenheiro de dados faz a coleta dessas informações em sites e outras fontes. Já o cientista de dados analisa o material coletado e organizado no sistema para recomendar ações.

Como se tornar um engenheiro de dados

Segundo Ricardo Galiardi, profissional com 17 anos de experiência na área, não é necessário cursar uma faculdade para se tornar um engenheiro de dados. No entanto, é preciso ter excelente domínio de estatística, matemática e programação.

Ele explica que também é importante o conhecimento em língua inglesa. “Hoje existem inúmeros cursos para se tornar todos esses cargos da área de dados. Microsoft, Google, Amazon têm treinamentos pagos e não pagos. Algumas universidades também têm formação específica para engenheiro, cientista e arquiteto de dados”, diz.

“Hoje em dia você pode se formar em qualquer área e ir para a ciência de dados. Já vi gente formada em culinária no ramo, mas é claro que o curso que você faz ajuda”, acrescenta Wesley Soares de Abreu, cientista de dados de um banco brasileiro.

Remuneração atrativa

Segundo o Guia Salarial da Robert Half, o salário inicial para o cargo será de R$ 14.400 no próximo ano. Já a remuneração para um profissional considerado intermediário nos quesitos de qualificação e experiência deve ganhar em torno de R$ 18.700.

Para o trabalhador mais experiente, com especializações e certificações, o levantamento estima salário de R$ 24.100.

“Em caso de PJ, pode até ganhar o dobro, mas é para compensar os benefícios da CLT”, pontua Wesley Soares.