concurso trf 2

O concurso TRF 2 RJ ES (Tribunal Regional Federal da 2 Região), que engloba os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, segue em fase de escolha da banca organizadora. Ao todo oito empresas apresentaram propostas e, por enquanto, a melhor proposta, de acordo com o critério de menor preço, foi a da Metrópole Soluções Empresariais. Agora, a proposta deve ser analisada pela equipe responsável e o processo deve ser retomado na próxima terça-feira, 21 de novembro. A publicação do edital está prevista para ocorrer em dezembro, com aplicação das provas em março. No entanto, a data precisa somente será oficializada após a assinatura do contrato com a empresa escolhida.

As outras empresas na disputa do concurso TRF 2 são as seguintes:

  • Cebraspe
  • FGV
  • IGFC
  • IDCAP
  • Instituto Avalia
  • Sarmento Concursos
  • AOCP

De acordo com o projeto básico do concurso TRF 2, a oferta será para formar cadastro reserva de pessoal para diversas áreas de técnicos e analistas, ambos de nível superior, com remunerações iniciais, respectivamente, de R$ 8.046,84 e R$ 13.202,62.

No caso dos técnicos, os valores contarão com os seguintes reajustes:

  • fevereiro de 2024 – R$ 8.529,65
  • fevereiro de 2025 – R$ 9.052,51

Para os analistas:

  • fevereiro de 2024 – R$ 13.994,78
  • fevereiro de 2025 – R$ 14.852,66

No caso dos técnicos, a distribuição por áreas será a seguinte:

  • sem especialidade – cadastro em RJ e ES
  • informática – superior em qualquer área e curso de programação em sistemas de 180 horas ou técnico de informática – cadastro em RJ e ES
  • agente de polícia judiciária – superior em qualquer área e carteira de habilitação – cadastro no RJ
  • telecomunicações e eletricidade – superior em qualquer área – cadastro no RJ
  • enfermagem – superior em qualquer área e 2 anos de experiência – cadastro no RJ e ES
  • contabilidade – superior em qualquer área,com especialização e registro no conselho – cadastro no RJ e ES

Para os analistas:

  • sem especialidade – área administrativa superior em qualquer área – cadastro no RJ e ES
  • sem especialidade – área judiciária – superior em direito – cadastro no RJ e ES
  • odontologia – superior em direito, com registro no conselho e 2 anos de clínica
    odontológica – cadastro no RJ
  • serviço social – superior na área, com registro no conselho – cadastro no RJ e ES
  • engenharia civil – superior na área – cadastro no RJ e ES
  • engenharia elétrica – superior na área – cadastro no RJ
  • engenharia mecânica – superior na área – cadastro no RJ
  • engenharia eletrônica – superior na área – cadastro no RJ
  • contadoria – superior em contabilidade – cadastro no RJ e ES
  • informática – estrutura – superior em qualquer área, com especialização em
    tecnologia da informação, com 360 horas – cadastro no RJ e ES
  • informática – desenvolvimento – superior em qualquer área, com especialização em
    tecnologia da informação, com 350 horas – cadastro no RJ e ES
  • estatística – curso superior na área – cadastro no RJ
  • arquivologia – curso superior na área – cadastro no RJ
  • medicina do trabalho – curso superior com especialização e 2 anos de experiência – cadastro no RJ
  • medicina clínica – curso superior com especialização e 2 anos de experiência – cadastro no RJ e ES
  • medicina psiquiátrica – curso superior com especialização e 2 anos de experiência – cadastro no RJ
  • enfermagem – curso superior específico e 2 anos de experiência – cadastro no RJ
  • enfermagem do trabalho – curso superior específico, especialização de 360 horas e 2 anos de experiência – cadastro no RJ
  • psicologia – curso superior específico, com 2 anos de experiência – cadastro no RJ
  • arquitetura – curso superior na área e registro no conselho – cadastro no RJ

A previsão do órgão é de 200 mil inscritos.

Concurso TRF 2 RJ ES: saiba como serão as provas

Para os técnicos sem especialidade, as provas serão as seguintes:

  • conhecimentos gerais – 10 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos – 30 questões, com peso 2
  • redação – 15 pontos, com peso 1

Para os demais técnicos:

  • conhecimentos gerais – 20 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos – 35 questões, com peso 2
  • redação – 10 pontos, com peso 1

Também haverá prova de capacidade física para agente policial e prova prática para a área de eletricidade

Para analista, sem especialidade, na área adminsitrativa

  • conhecimentos gerais – 20 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos – 30 questões, com peso 2
  • redação – valendo 20 pontos, com peso 1

Para analista, sem especialidade, na área judiciária:

  • conhecimentos gerais – 15 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos – 35 questoes, com peso 2
  • redação – 3 questões, valendo 5 pontos cada, com peso 1

Para analistas nas áreas de odontologia, serviço social, contadoria, estatística, arquivologia, medicina do trabalho, medicina pediátrica, enfermagem, enfermagem do trabalho e psicologia:

  • conhecimentos gerais – 20 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos – 35 questões, com peso 2
  • redação – 10 pontos, com peso 1

Para analistas nas demais especialidades :

  • conhecimentos gerais -10 questões, com peso 1
  • conhecimentos específicos, 15 questões, com peso 2
  • redação – 3 questões, valendo 5 pontos cada, com peso 2

Saiba como foi a última seleção

O último concurso TRF 2 RJ ES foi realizado em 2016, para formar cadastro reserva de pessoal em cargos de níveis médio e superior. A banca organizadora, na ocasião, foi a Consulplan.

No caso de ensino médio, a seleção foi para técnicos nas seguintes áreas:

  • segmentos de segurança e transporte;
  • sem especialidade;
  • telecomunicações e eletricidade;
  • enfermagem;
  • informática.

Para nível superior, o certame foi para analistas nas seguintes áreas:

  • oficial de Justiça avaliador federal;
  • sem especialidade (área judiciária);
  • sem especialidade (área administrativa);
  • arquitetura;
  • arquivologia;
  • biblioteconomia;
  • contadoria;
  • enfermagem;
  • enfermagem do trabalho;
  • engenharia civil;
  • engenharia elétrica;
  • engenharia eletrônica;
  • engenharia mecânica;
  • estatística;
  • informática/desenvolvimento;
  • informática/infraestrutura;
  • medicina clínica;
  • medicina do trabalho;
  • medicina psiquiatria;
  • odontologia;
  • psicologia;
  • serviço social.

Os participantes foram submetidos a uma prova objetiva com questões sobre conhecimentos gerais e específicos, além de redação, prova de estudo de casos e teste de capacidade física para algumas carreiras.