Veja quais agências reguladoras irão participar

Neste ano, o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos está lançando o Concurso Nacional Unificado – CNU, uma iniciativa que visa centralizar os processos de recrutamento e seleção de servidores públicos federais, abrangendo vagas autorizadas em diferentes órgãos do Governo Federal. Esse modelo unificado agiliza a contratação de servidores para compensar a perda nos últimos seis anos.

Até agora, já foram confirmadas 6.590 vagas, mas esse número pode aumentar, já que as adesões ao CNU serão aceitas até 06 de outubro. O edital está previsto para ser publicado até 20 de dezembro deste ano, e as provas devem ocorrer até março de 2024, de acordo com o cronograma previamente estabelecido.

Dos diversos órgãos convidados a participar do CNU, as agências reguladoras se destacam, uma vez que entre as oito entidades, apenas três confirmaram participação. Veja a lista de Agências Reguladoras que tiveram seus concursos autorizados:

  • Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – Concurso ANA (40 vagas);
  • Agência Nacional de Aviação Civil – Concurso ANAC (70 vagas);
  • Agência Nacional de Telecomunicações – Concurso ANATEL (50 vagas);
  • Agência Nacional de Energia Elétrica – Concurso ANEEL (40 vagas);
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar – Concurso ANS (35 vagas);
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários – Concurso ANTAQ (30 vagas);
  • Agência Nacional de Transportes Terrestres – Concurso ANTT (50 vagas);
  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Concurso ANVISA – 50 vagas

As agências são entidades governamentais independentes que têm a responsabilidade de regular e fiscalizar setores específicos da economia e da sociedade. No Brasil, por exemplo, existem diversas agências reguladoras responsáveis por supervisionar setores específicos da economia.

Agências confirmadas

Dentre as agências que foram convidadas a participar da seleção, confirmaram:

  • Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) – 40 vagas;
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – 35 vagas;
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) – 30 vagas

Ao todo, são 105 vagas de nível superior em cargos de Especialista, com salários que chegam a R$ 16.413,35. Apesar dos cargos já estarem definidos, não foram mencionadas as áreas de atuação. Confira mais detalhes sobre cada uma delas:

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL teve seu concurso autorizado no dia 19 de julho, através da Portaria MGI n° 3.265. São ao todo 40 vagas previstas para a carreira de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia.

A remuneração inicial do cargo é de R$ 16.413,35, podendo chegar a R$ 22.929,74 no topo da carreira. Apesar de ainda não se saber quais as especialidades que serão contempladas no certame, é confirmado que o candidato deverá possuir nível superior de formação.

O concurso já possui comissão definida desde o dia 09 de agosto e agora aguarda a divulgação do edital do Concurso Nacional Unificado para divulgar maiores detalhes da seleção.

Concurso Unificado: Funai, Fiocruz e Aneel confirmam participação

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Mais um órgão confirmada no CNU é a da Agência Nacional de Saúde Suplementar que deve preencher 35 vagas no cargo de Especialista em Regulação de Saúde Suplementar, de nível superior.

O certame havia sido autorizado no dia 18 de julho durante uma coletiva realizada pela ministra da Gestão e da Inovação dos Serviços Públicos, Esther Dweck.

O cargo de Especialista em Regulação de Saúde Suplementar oferece uma remuneração de R$ 16.413,35, além de Auxílio-alimentação no valor de R$ 658,00.

Concurso ANS tem 35 vagas autorizadas

Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq)

Com 30 vagas autorizadas, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) participa do CNU e busca preencher oportunidades para o cargo de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários.

O cargo exige ensino superior e oferece um salário inicial de R$ 16.413,35, além de auxílio-alimentação no valor de R$ 658,00.

O último certame foi realizado no ano de 2014 e a nova autorização ocorreu no dia 18 de julho de 2023, pela então ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck.

Concurso ANTAQ 2023; Edital terá 30 vagas

Quais agências reguladoras não farão parte do CNU?

Das oito agências convidadas a participar do Concurso Nacional Unificado, não farão parte:

  • Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) – 50 vagas;
  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – 50 vagas;
  • Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) – 70 vagas;
  • Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) – 50 vagas.
  • Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) – 40 vagas;

Cronograma CNU

  • Assinatura de adesão até – 06/10/2023
  • Divulgação do edital – 20/12/2023
  • Aplicação das provas até – 03/2024
  • Resultado final da etapa unificada até – 05/2024