alimentaçao lidera

Levantamento nacional é do Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian, que pesquisou os 20 maiores segmentos

Com 140,8 mil empresas, alimentação lidera abertura de negócios no primeiro semestre de 2023.

O setor de Food Service, que inclui bares, restaurantes, lanchonetes e food trucks, foi responsável por puxar os novos comércios no primeiro semestre de 2023. Segundo dados da Serasa Experian, foram 140.808 aberturas entre janeiro e junho, com média de 1.136 registros por dia útil, o que equivale a 6,65% das 2,1 milhões de inaugurações entre os 20 maiores segmentos de serviços e indústria do país. 

Dentro do franchising, o Food Service também se destacou pela procura e abertura de lojas. Análises de desempenho do setor, realizadas pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), apontam a inauguração de 18,9 mil unidades no mesmo período. Crescimento que, segundo os próprios investidores, foi motivado principalmente por fatores econômicos e de mercado. Confira, a seguir, marcas promissoras para investir ainda em 2023. 

Marca californiana de hamburguerias, o Johnny Rockets atingiu no Brasil uma década de funcionamento e sua segunda maior rede em um só país, atrás apenas dos Estados Unidos. Famoso mundialmente pelos burgers e milkshakes premiados, o restaurante apresenta faturamento médio mensal entre R$ 220 mil e 400 mil, a depender do tamanho da loja, com retorno do investimento aplicado entre 18 e 36 meses de funcionamento. Em 2022, a rede atingiu R$ 100 milhões em faturamento, com estimativa de chegar a R$ 125 milhões este ano. A decoração temática ambientada na década de 1950 e os garçons dançantes temperam ainda mais a personalidade da casa. Até o fim de 2024, a rede estima chegar a 60 lojas no Brasil e, em mais dois anos, a previsão é de uma centena de unidades. 
Gelateria artesanal de método italiano, a Cuor di Crema faz seu próprio gelato com frutas frescas, água e leite, com menor percentual de gordura e sem conservantes. A casa também investe no cardápio de cafeteria, mantendo o movimento em alta ao longo do ano. Com faturamento médio mensal de R$ 80 mil por loja e retorno do investimento estimado em 22 a 38 meses após a abertura, a marca já ultrapassa 10 lojas e quiosques no país, sendo a maior parte na Grande São Paulo, além das unidades recém-inauguradas na região metropolitana de Fortaleza (CE) e Angra dos Reis (RJ). Com estimativa de faturar R$ 8 milhões em 2023, a rede já planeja as expansões para o ano que vem, incluindo a primeira loja do Paraná até o meio do ano, em Foz do Iguaçu. 
Pâtisserie inspirada na gastronomia francesa, a Boulangerie Carioca vai desde o cardápio do café da manhã, ao chá da tarde e happy hour. Com opções de sanduíches, croques, tortas, quiches, tábua de frios e pastas, pizzas, saladas, sopas e até pratos rápidos, além de doces, cafés e pães especiais para viagem, a marca que nasceu no Rio de Janeiro já ganhou também a capital paulista, com 5 lojas ao todo e previsão de inaugurar mega loja no primeiro semestre em Santo André (SP). O faturamento total da marca estimado para 2023 é de R$ 15 milhões. Já as lojas apresentam um faturamento médio mensal de R$ 130 mil entre quiosques, lojas de shopping e de rua, com retorno do investimento para o franqueado entre 18 e 36 meses. 
Rede americana especializada em churrasco ao estilo texano, a Dickey’s Barbecue Pit aposta no conceito de smokehouse temática para cativar o público. Além dos cortes diferenciados como brisket e pulled pork, a casa também trabalha com asinhas de frango e costelas suínas, jalapeño sausage e mac&cheese. Disponível nos modelos para praça de alimentação ou loja com área própria de refeições, a franquia pode chegar a faturamento médio mensal de R$ 300 mil, ultrapassando R$ 3,6 milhões no ano. A rede também se destaca pela presença em eventos de grandes proporções, como a Festa do Peão de Barretos, maior rodeio da América Latina, a competição internacional de smokehouses BBQ Meatstock War, em Sorocaba, a primeira edição do festival The Town e os shows da banda britânica Coldplay, em São Paulo.  
Uma das maiores redes de cafeterias do Brasil, e considerada uma das franquias que mais expandiu em número de unidades em 2022 pelo ranking das 50 maiores redes de franquias por unidade no Brasil, promovido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), a Mais1.Café foi fundada em 2019 e traz a agilidade do atendimento “to go”, com o melhor do café de grão especial, com  um atendimento digitalizado. Com mais de 600 lojas em negociadas em todo o país, a franquia trabalha com mais de 20 sabores de cafés com grão especial acompanhados de doces e salgados importados da Europa e da América Latina nas unidades espalhadas por todo o país. A rede estima chegar até o final de 2023 à marca de 800 lojas negociadas e pretende alcançar um faturamento de R$ 130 milhões. As unidades podem ser implantadas em formato de loja de rua, shopping e container, com  um faturamento médio mensal de R$ 30 mil e prazo de retorno de investimento de 18 a 24 meses.  
Fundada em 2016 no Rio de Janeiro, a Borda & Lenha é a primeira rede de fast-pizza do Brasil e tem como objetivo personalizar a experiência do cliente com qualidade, sabor e preço acessível. No cardápio, a franquia oferece pizzas preparadas com massa artesanal e permite a seleção de sabores pelo próprio consumidor, que pode montar a pizza a partir de mais de 25 opções de toppings. Operando no franchising desde 2019, a rede possui 26 unidades em funcionamento em 7 estados do Brasil e, até o final deste ano, pretende chegar a 75 lojas, alcançando faturamento de mais de R$ 10 milhões. A unidade da Borda & Lenha possui faturamento médio mensal de R$ 45 mil e prazo de retorno de investimento de 24 meses.